Disciplina de graduação oferecida no primeiro semestre de 2018, na Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia, como parte da área de concentração em Cinema e Audiovisual do Bacharelado Interdisciplinar em Artes.

Acesse a versão atualizada do programa (2.3), divulgada em 26/06/2018, modificado para incluir reposição de carga horária e atualizar o cronograma com a introdução de dois encontros aos sábados, nos dias 30/06 e 21/07, das 8h30 às 12h10. A mesma versão pode também ser visualizada mais abaixo.

Caso tenha interesse, confira o histórico de versões: 

  • Versão 1, divulgada em 28/03/2018: programa condensado.
  • Versão 2, divulgada em 09/04/2018: programa atualizado e expandido com estudos complementares.
  • Versão 2.1, divulgada em 14/05/2018: programa modificado com dois estudos complementares adicionais (textos de Metz; inclusão de Bazin falando de pin-up em discussão feminista, que foi dividida em dois) e com alteração de avaliação (retirada de proposta de quadro sintético e modificação de pontuação da etapa 2 [agora 3,0] e da etapa 3 [agora 3,0] do projeto).
  • Versão 2.2, divulgada em 31/05/2018: programa modificado para adequação do cronograma após a suspensão das aulas na UFBA, nos dias 28 e 29/05, assim como para atualizar as diretrizes sobre a etapa 2 do projeto.

Se tiver dúvidas, questionamentos, comentários, críticas e sugestões, indicações de textos ou de filmes ou qualquer outra coisa, escreva nos comentários no final do post ou entre em contato. Obrigado!

Sou professor de história e teoria do cinema da Faculdade de Comunicação da UFBA, em Salvador, desde maio de 2017. Criei o incinerrante em setembro de 2009, e desde então o site abriga alguns traços das minhas atividades como professor, pesquisador, crítico, curador e programador. Também criei, junto com a minha companheira, a Juliana (<3), um projeto chamado a quem interessar possa, que a gente começou em abril de 2016. Se quiser saber mais sobre mim, pode começar com a breve apresentação e os links que coloquei aqui.