narrativa

Eduardo Coutinho, 7 de outubro: o narrador e sua figura

Fábio Monteiro escreve sobre Eduardo Coutinho, 7 de outubro, em que Carlos Nader inverte o jogo que caracteriza o estilo documentário de Coutinho e o transforma em comentador de seus filmes.

Eduardo Coutinho, 7 de outubro: o narrador e sua figura

Explorando o estilo visual de True Detective

Marco Bohr compara aspectos do impressionante estilo visual de True Detective a obras artísticas, fotográficas e cinematográficas, buscando compreender parte do que torna essa série de TV tão deslumbrante.

Explorando o estilo visual de True Detective

A potência de estranhamento de O Lobo de Wall Street

A potência crítica decorrente das figuras do excesso é o que confere a O Lobo de Wall Street (2013) sua contundência política.

A potência de estranhamento de O Lobo de Wall Street

O Lobo de Wall Street: as figuras do excesso e a tragédia sem fim

A prática do cinema do excesso, a que Martin Scorsese se dedica em O Lobo de Wall Street, confere ao filme riqueza estética e complexidade ética singulares, que comentam a tragédia sem fim em que nos encontramos.

O Lobo de Wall Street: as figuras do excesso e a tragédia sem fim

O Grande Roubo do Trem: narrativa e montagem

É principalmente pelo lugar que ocupa no processo de narrativização do cinema que O Grande Roubo do Trem (1903), costuma ser lembrado. Mas como entender o lugar do filme de Edwin Stanton Porter?

O Grande Roubo do Trem: narrativa e montagem