Roberto Bolaño

Você enfia a cabeça dentro do seu próprio peito, abre os olhos e olha

Algumas das transformações mais ambivalentes que as formas de reprodução técnica imprimem na experiência humana estão relacionadas aos fantasmas que nos assombram sob o signo do sagrado.

Você enfia a cabeça dentro do seu próprio peito, abre os olhos e olha