Peter Jackson

Ilusionismo e excesso em O Hobbit

Em O Hobbit, o cinema reitera sua potência ilusionista, que se realiza sob o modo do excesso, na produção de uma geografia sintética e na prática da encenação cinematográfica como simulação.

Ilusionismo e excesso em O Hobbit

Um olhar do paraíso: o espetáculo, o melodrama e a imaginação surrealista

O potencial e a limitação de Um olhar do paraíso (2009), de Peter Jackson, residem na articulação entre melodrama e imaginação surrealista que o atravessa.

Um olhar do paraíso: o espetáculo, o melodrama e a imaginação surrealista